Observatório da Jihad


15.10.06

Palavra de Infiél

Tem dias assim. Chego a casa e encontro a caixa do correio cheia de mensagens, de um ou mais muçulmanos, que se indignam e me chamam mentiroso. Curioso que só reajam nos postais em que coloco os seus correligionários a falar. Devem andar com o estômago fraco para verem e lerem certas coisas, o que se atendermos à época é compreensível. Quero lá saber que um bando de arcaicos e medievais, que não respeitam as mulheres, as crianças ou quem pensa de forma diferente, diga o que é mentira e o que é verdade. O importante é sabermos o que é o Islão e como actuam os islamistas. É percebermos que cada vez há menos esperança na recuperação e reforma do Islão. É entendermos que o Islão não existe sem a referência obrigatória a duas coisas: o Corão e o Profeta. Ora, o Corão prescreve a guerra por todos os meios e Maomé dá o exemplo, decapitando pessoas, com as próprias mãos, e preparando, na sua suna, um verdadeiro manual de guerra santa para uso dos muçulmanos. Nunca existiu outra interpretação desses textos. E todos os muçulmanos instruídos o sabem. Portanto, é necessário que o Ocidente também tenha consciência disso. Ou vencemos, impondo a nossa forma de viver ou seremos vítimas – alguns serão cúmplices – do retorno ao ódio bárbaro do Islão.
Nós continuamos por aqui. Tranquilamente.

17 Comments:

At 20:24, Anonymous Anónimo said...

Toda a legitimidade de Israel baseia-se na promessa que presumivelmente Deus fez aos judeus. Já demonstrei-lhe aqui o que o Talmnude diz, falta só mostrar-lhe a bárbarie que está no no Antigo Testamento da Biblia.

Vocês os apoiantes do sionismo tentam enganar os europeus com esta cantiga de sereia de defesa dos valores europeus, no entanto os seus mentores os judeus sionistas odeiam os cristãos e todos os gentios.

Para os judeus religiosos, os cristãos são uns vermes e inventam histórias terríveis sobre Jesus e sua mãe. São estes mesmos fanáticos em defesa dos quais devem os eruopeus lutar? Acho que não! A barabárie que é o estado de Israel, mostrou-se no Líbano e foi visto ao vivo. Os europeus aprenderam com Libsno que o fanatismo judeu é o problema principal.

Vá Sliver dê uma resposta anónima ou coloque mais um post!

 
At 20:34, Anonymous Anónimo said...

Anônimo das 20:24, e o que dizem os Islâmistas religiosos relativamente aos Europeus? O que diziam os Talibã? O que dizia o Ayatolah e o que dizem os Imãs do Irão? Diziam e dizem que a cultura Ocidental é decadente e depravada, que as Europeias não passam de prostitutas e isto são os "mimos" mais suaves que eles dizem da cultura Europeia, já para não falar de outros "mimos" que estão escritos no corão em relação ao Cristianismo.
Já agora eu não sou o Sliver, sou um anônimo como o senhor, mas aposto que é escusado dizer isto porque você não vai acreditar.

 
At 20:38, Anonymous Anónimo said...

Já agora publique os "mimos" que estão escritos no Alcorão acerca dos cristãos, especialemtne sobre Jesus e Maria?

 
At 21:22, Blogger Sofocleto said...

Sliver, tu deves estar a soldo dos neocons sempre a açular a «Guerra de Civilizações», tão conveniente para deitar as unhas ao petróleo do Médio Oriente.

Mas tu fá-lo tão mediocremente que os tipos devem-te pagar 25 cêntimos à hora. Já pensaste em arranjar uma profissão condigna?

 
At 21:32, Blogger Sofocleto said...

Anonymous,

«O que diziam os Talibã?»

Os Taliban existem graças aos Bushes:

«Afghanistan, the CIA, bin Laden, and the Taliban»
http://www.thirdworldtraveler.com/Afghanistan/Afghanistan_CIA_Taliban.html

«CIA worked with Pakistan to create Taliban»
http://emperors-clothes.com/docs/pak.htm

«Bin Laden "owns' Taliban
CIA says he supplied $100 million to Afghan regime»
http://www.sfgate.com/cgi-bin/article.cgi?file=/chronicle/archive/2001/10/11/MN44832.DTL

 
At 22:01, Anonymous Anónimo said...

Diga antes, os Taliban existem graças às Arábias Sauditas.

 
At 22:47, Anonymous Anónimo said...

Certos comentaristas, como é o caso do sofocleto, dizem-se ser contra a politica de Israel, mas na verdade nutrem um grande ódio aos Estados Unidos, porque estas mesmas pessoas como o sofocleto no passado eram Marxistas, como a teoria de Marx fracassou na prática ( e a prova está no desaparecimento do Bloco Soviético e consequente fraqueza da Rússia)e o modelo Ocidental vingou e demonstrou que até agora este modelo Ocidental é que é viável, então sofocletos e afins resolveram passar-se para o novo "Marxismo Leninismo", que é o Fundamentalismo Islâmico. Quando estes também fracassarem (sim, porque irão fracassar) para que lado tombarão estes senhores?

 
At 22:53, Anonymous Anónimo said...

Faço uma correcção eu tinha dito "Quando estes também fracassarem (sim, porque irão fracassar)", o que quero dizer é Quando este (Fundamentalismo Islâmico) também fracassar(sim, porque irá fracassar)para que lado tombarão estes senhores?

 
At 23:45, Anonymous Anónimo said...

Marx era um judeu. O movimento comunista estava inflitrado com judeus.

 
At 00:44, Anonymous Anónimo said...

Marx era Judeu, mas tinha renegado a sua religião, o judaismo.Todos os Judeus infiltrados no sistema comunista tinham renegado a sua religião, passando a ser ateus, caso contrário teriam florescido por toda a União Soviética sinagogas, não concorda?

 
At 22:38, Anonymous Anónimo said...

Um judeu é sempre judeu. A conversão à relgião judaica não daz da pessoa que se converteu um judeu. O judeu é judeu pela mãe que tem que ser judia. Ambos os pais de Marx eram judeus. Leon Trotsky era judeu.

Os judeus inflitraram o movimento comunista. Aliás foi um judeu que trabalhou na bomba atómica quem forneceu os segredos nucleares à ex-União Soviética.

 
At 23:42, Anonymous a43 said...

Santo Deus! Vocês anônimos, e Sofocleto, parem de SÓ falar de judeus ,sionismo, Bush etc.....estamos num momento grave da história ou avança-se ou voltaremos ao obscunrantsimo.
Não é o momento de se agredir mas sim de se unir.:D

 
At 10:51, Anonymous A44 said...

O cristianismo, o islamismo e outras religiões são religiões universalistas.
O judaismo é particularista. Não quer ser a única religião nem converter tudo e todos.
É baseada num contrato entre Deus e um povo. Com direitos e obrigações.
Creio que seja isso que os leva a querer manter a identidade própria.

 
At 01:01, Anonymous Anónimo said...

Mas parece que o anônimo das 22:38 está a levar o caso para uma questão rácica. Para ele os Judeus só têm defeitos, nada de positivo. Sendo assim também posso dizer que quem está por detrás da invenção do TNT e consequentes armas destrutivas são os Chineses, porque foram eles que inventaram a pólvora.

 
At 01:03, Anonymous Anónimo said...

Bom, parece que os Judeus pelo menos da culpa do TNT livraram-se.

 
At 08:31, Anonymous Anónimo said...

Ao anónimo de 01:40 quero só acrescentar que algo mais terrível e sinistro está a ser planeado pelos sionistas, que descobriram que colando-se ao Ocidente, este vai sacrificar os seus melhores filhos para defender a entidade racista de Israel.

Este blogue não é para defender o Ocidente, mas sim claramente a entidade estranha chamada Israel como Sliver já esclareceu pela viagem que faz pela Net e aqui mesmo.

 
At 17:10, Anonymous Anónimo said...

" quero só acrescentar que algo mais terrível e sinistro está a ser planeado pelos sionistas, que descobriram que colando-se ao Ocidente, este vai sacrificar os seus melhores filhos para defender a entidade racista de Israel. "
Completamente paranoico ! O que se há-de fazer a este a08:31 ?
Se é para defender quer dizer que israel irá ser atacado. Como são os sionistas a preparar então são os sionistas que vão atacar israel.

A46

 

Enviar um comentário

<< Home