Observatório da Jihad


25.8.06

Os contactos dos neo-nazis alemães e britânicos com os islamistas

O que se produziu na 2ª GM (admiração de Himmler pelo Islão, amizade de Hitler com o Mufti de Jerusalém, fuga dos criminosos de guerra nazi para os países árabes, etc.) prossegue actualmente como explica o artigo da revista alemã Der Spiegel: O chefe do NPD Ugo Voigt pronunciou um discurso numa reunião da associação muçulmana alemã Hisb ut-Tahrir (actualmente proibida) em Outubro de 2002. Os contactos prosseguiram e o funcionário do partido neo-nazi entrevistou o chefe da organização [teo-nazi?] Hisb ut-Tahrir, Shakur Assem. O título da entrevista era «Libertar a Palestina dos Sionistas».
O chefe das juventudes do NPD (JN) também organizou um encontro em que discursou Shakur Assem, em Duisbourg, em 2003. O advogado neo-nazi Jürgen Rieger já tinha defendido os membros do Hisb ut-Tahrir.
Mas não são só os neo-nazis alemães que são fãs de Maomé. Os seus confrades britânicos não lhes ficam atrás como noticia o Times no artigo:
What the neo-Nazi fanatic did next: switched to Islam.
via
France-Échos

4 Comments:

At 02:53, Blogger Virus said...

Pá... por acaso até falo 5 línguas, contando com o português e não sou intérprete (umas melhor que outras), mas espantosamente entre elas o alemão não consta... é uma pena! :)

 
At 03:02, Blogger Virus said...

Bom... já no TOEFL tive 985 em 995 pontos possíveis por isso relativamente ao segundo texto não há muito a acrescentar excepto que o homem é um degenerado mental, que nem deve saber a diferença entre uma sanita e um forno, por isso se ele gosta tanto do Islão porque é que não sai de Inglaterra e não vai viver na Arábia Saudita?

Bom... Também há quem diga que ele não passa de uma "mole" do MI5.

 
At 22:04, Anonymous pataphisico_confuso said...

Mas...afinal quem é que incendiou uma residência de turcos aqui há uns anos?

 
At 03:18, Blogger Virus said...

Eram turcos sionistas... :)

 

Enviar um comentário

<< Home