Observatório da Jihad


2.11.06

Sinais que se repetem

Ainda recordo os jovens estudantes, padres e até militares que se imolaram, no século passado, em protesto contra o totalitarismo que sobrava, o vermelho. Na altura, muitos teimavam que aquilo era o paraíso mas não arredavam pé daqui. Hoje, a ameaça totalitária é verde e alguns são reincidentes no erro.

«Um pastor protestante imolou-se pelo fogo num convento de Erfurt, na Turíngia, com medo da propagação do Islão na Alemanha, segundo explicou numa carta de despedida deixada à mulher. O pastor, de 73 anos, regou-se com gasolina e pegou fogo a si próprio na segunda-feira, Dia da Reformação e feriado em toda o leste da Alemanha, nos terrenos do Convento de Santo Agostinho, acabando por morrer na quarta-feira à tarde, informou um porta-voz da polícia local. Na carta de despedida que deixou à mulher, o pastor protestante recomendou que se leve «muito a sério» o problema da propagação do Islão na Alemanha. O prelado, que já estava na reforma desde 1969, referiu na missiva que nos últimos três, quatro anos, já tinha afirmado repetidamente que a Igreja Protestante na Alemanha «tem de se ocupar mais do problema do Islão». Segundo o curador do Convento de Santo Agostinho, o indivíduo, provavelmente tencionava imolar-se durante um serviço religioso, mas não conseguiu entrar no templo, porque os portões estavam trancados. O suicida subiu por um andaime perto das ruínas da biblioteca do convento, regou-se com gasolina e pegou fogo a si próprio. Os funcionários do convento foram os primeiros a socorrê-lo, mas o pastor protestante acabou por dar entrada numa clínica de Halle com queimaduras graves.»
in
Portugal Diário

5 Comments:

At 23:43, Blogger Sofocleto said...

O que é que se passa? Começamos a ter fanáticos religiosos entre nós também? Qualquer dia temos os panascas a serem obrigados a usar burkas. Já te imaginaste Sliver? Só com as pupilas à mostra?

 
At 20:42, Blogger MARTEL said...

Olá! Meu nome é Christian Martel, sou brasileiro, e há um bom tempo venho acompanhando os trabalhos desse blog. Neste meu primeiro post eu não vou comentar apenas esse tópico (que como todos os outros é bastante eloquente) mas o blog como um todo.
Vejo tudo isso como uma atitude exemplar e até mesmo fundamental no combate (midiático) aos que atentam contra nossa cultura e identidade. Creio que quanto mais gente agir nesse sentido, maiores serão as chances de derrotarmos a ignorância que nos ameaça. Por isso, tendo aqui uma inspiração, iniciei um blog para dar continuidade e maior notoriedade a esta ação. Noutro termos, quero ser um colaborador nessa militância, que certamente fará história.

 
At 15:47, Blogger Obl said...

Berm vindo Martel .

 
At 23:11, Anonymous a43 said...

Ótimo Christian que você venha até aqui participar , quanto mais resistente existir, mais chance que o Ocidente sobreviva frente ao obscunrantismo.

 
At 18:10, Anonymous pataphisico_azul said...

Oh Sofoclinho, pensava que eras um facho tipo namoradinha do Louçã, mas afinal, homofóbico, é mesmo tipo Sig Heil, certo?

 

Enviar um comentário

<< Home