Observatório da Jihad


5.10.06

Para que serve a ONU?

[...] Ao confirmar a justeza dos seus méritos, o IPI [International Press Institute] fez chegar, esta semana, aos associados uma informação de relevo, que tem passado à margem das prioridades noticiosas: no dia 8 de Setembro, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou uma moção genérica de combate ao terrorismo global, em que se inclui uma frase defendendo a tomada de medidas contra "a difamação das religiões". Ora, como justamente afirma o IPI, fica aberto o caminho, pelo menos em alguns países, para a criação de quadros legais de punição da "blasfémia", ou seja, uma restrição objectiva da liberdade crítica e de expressão. [...]
Mário Bettencourt Resendes
in Diário de Notícias
com o agradecimento ao leitor pataphisico_azul

16 Comments:

At 16:26, Blogger Jetset (Defendit Numerus) said...

http://libererisonanze.blogspot.com/2006/07/onu-questo-decrepito-carrozzone.html#links

I don't know if you understand italian but...I agree.

 
At 08:38, Blogger Giordano Bruno said...

Vão ver, um pouco de humor num mundo fous. http://lary-rayte.blogspot com, é em Francês, e é libertarien. Do blasphème e do iconoclaste. Boa coragem nvocês. Lary

 
At 12:11, Anonymous Anónimo said...

A ONU pelo menos serve para manter os palestinianos como refugiados e não implementar as resoluções que implementou sobre a Palestina. Sliver devia estar satisfeito com isto!

 
At 21:27, Anonymous pataphisico_azul said...

Quando a ONU implementar alguma coisa, juro que rapo o cabelo.

 
At 21:28, Anonymous pataphisico_azul said...

Do corpo todo.

 
At 01:29, Anonymous Anónimo said...

A ONU é uma organização completamente desacreditada, não fez nada na Somália, não fez nada (ou aliás fez borrada) na antiga Jugoslávia, não fez nada no Ruanda,passou-se por cima dela quando começou a guerra do Iraque, enfim é completamente inútil, pior que a antiga Sociedade das Nações. E pelos vistos continua a fazer borrada.Mais valia acabar com a ONU.

 
At 09:58, Anonymous Anónimo said...

No entanto a sede continua situada nos EUA e os sucessivos governos americanos têm tentado controlá-la e com algum sucesso. Aliás, controlam as Nações Unidas porque as outras quatro potências remanescentes sempre acabam por fazer o jogo dos EUA.

Os americanos fazem o que querem, e quem controla os americanos são os sionistas, sendo o interesse dos íltimos defender o estado pária de Israel e controlar o mundo.

Com o controlo dos americanos e dos sionistas, o mais provável é que um dia muitas das nações pensarão mesmo em abandonar a fantochada que as Nações Unidas se tornaram.

 
At 22:41, Anonymous Anónimo said...

Eu sou da opinião que os Israelitas, assim como os Curdos, deve ter direito a uma pátria, como qualquer outro povo. Porquê que os outros povos hão de ter pátria e estes não? Além disso, mesmo que os Israelitas não tivessem pátria e continuassem na diáspora como sempre andaram durante séculos, continuariam a ser perseguidos, chacinados, humilhados pelos povos dos países onde este povo permanecesse. Parece que a memória é muito curta. Não querem que os Israelitas tenham uma pátria, mas também ninguém os quer receber. Afinal em quê que ficamos.

 
At 10:52, Anonymous Anónimo said...

O direito à pátria não é a custa de outros povos. Se os mouros regressassem à Espanha e Portugal, adquiriseeem territórios, expulsassem quem não quisesse vender terras, dissessem que têm direitos dados por Deus à posse da terra, criassem um estado baseado no direito dos árabes à nacionalidade desta nova identidade chamada Andalusia, o que é que acham que os nativos espanhóis e portugueses pensariam?

Meus caros amigos o vosso pensamento é mesmo errado porque não sentem na pele o que os palestinianos - muçulmanos e cristãos - sentem com a entidade estranha que é o estado racista de Israel que os oprime diariamente e os assassina, constrói muros e desrespeita as resoluções das Nalões Unidas há mais de 50 anos.

Os judeus não foram expulsos da Terra Santa pelos árabes. Os romanos é que destruiram o Templo, e crê-se que foi por instigação dos cristãos. Os judeus foram há bem pouco vítimas de aniquilação por cristãos ocidentais não foram os árabes que os massacraram.

Porque é os árabes têm que pagar pelos crimes cometidos pelos cristãos ocidentais contra os judeus?

 
At 11:38, Anonymous Anónimo said...

Bom, segundo essa lógica então são os Cristãos que deverão pagar pelos crimes, que se supoe apenas que tenham cometido? A destruição do Templo em Jerusalém aconteceu, porque os Judeus por serem um povo com muito orgulho e patriotas não se deixaram dominar pelos Romanos e estes como vingança destruiram o Templo, agora se certas pessoas pretenderem dizer que a culpa foi dos cristãos (a destruição do templo foi poucos anos após a morte de Cristo, o Cristianismo tinha ainda pouca expressão religiosa)pois que o digam, eu também poderei dizer que o homem nunca esteve na Lua. Ainda hão de dizer que a tragédia dos Judeus em Massada foi instigada pelos Cristãos também.

 
At 13:28, Anonymous Anónimo said...

Meu caro anónimo de 11:39: Os cristãos tiveram mão na destruição do Templo porque Jesus predisse isto. A profecia de Jesus tinha que ser cumprida!

De qualquer modo concorda que quem matou milhões de judeus foram cristãos ocidentais? Que até o papa ficou calado?

Durante a Inquisição quem é que deu guarida aos judeus? Não foram muitos deles para a Turquia e Marrocos?

Não me vai dizer que a Inquisção não foi invenção dos cristãos ocidentais!

O que é que as Cruzadas fizeram com os judeus da Terra Santa? Não foram eles massacrados pelos cristãos?

 
At 15:20, Anonymous Anónimo said...

Para o anônimo 13:28, muito bem fiquei agora a saber que os Romanos quando destruiram o Templo já eram "todos Cristãos" (convem então dar essa informação aos historiadores para a História ser reformulada, mas aí poderá haver o perigo de outros se aproveitarem e virem também reformular a História dizendo que durante a Segunda Guerra não morreram milhões de Judeus, mas sim algumas centenas).Quem matou milhões de Judeus não era Cristão, porque os Nazis valorizavam as antigas religiões Arianas, que eram pagãs.
Não se esqueça também que durante a Segunda Guerra muitos padres e pessoas cristãs deram guarida na Europa a muitos Judeus, e muitos padres foram vitimas do Nazismo (mas isso as pessoas esquecem-se sempre de referir, porque não convem).
Durante a Inquisição muitos Judeus foram também para a Flandres e para a Holanda (que não me parece que fossem países muçulmanos, pelo menos na altura que não tinham os muçulmanos que têm agora) e lá se estabeleceram e fomentaram o comércio livre à vontade.
A Inquisição foi invenção dos Cristãos Ocidentais ( o Papa até já pediu perdão, não sei se o caro comentarista está recordado), assim como a Jihad (guerra santa para matar cristãos e não só, e conquistar terras não Muçulmanas), foi invenção do Islamismo e ainda não houve da parte dos Mullahs ou outras entidades Muçulmanas nenhum pedido de perdão.
O que as Cruzadas fizeram aos Judeus na Terra Santa foi o mesmo que o exército de Saladino lhes fez.

 
At 16:48, Anonymous Anónimo said...

A expulsão definitiva dos judeus portugueses ocorreu durante o reino de D. Manuel I e foi uma das causas porque a Holanda tornou-se uma potência marítima.

Quanto ao Saladino o que você disse é uma mentira. Porque é que Saladino iria punir os judeus, vitimas das Cruzadas?

Os Cruzados massacraram judeus não só na Palestina mas também por onde passaram.

 
At 17:10, Anonymous Anónimo said...

E os Muçulmanos continuam ainda hoje a matar Judeus, veja os atentados suícidas que ocorrem em Israel contra o povo Judeu.
Mas afinal sempre concorda comigo quando digo que também houve muitos judeus que foram para Países Cristãos, como a Holanda e a Flandres. Afinal, meu amigo, os Cristãos até que não são assim tão maus como quer pintar. Também têm coisas positivas.

 
At 02:52, Blogger RS said...

Qual vagina, qual carapuça!
Este é que leva a taça!

:)
RS

 
At 16:19, Anonymous Anónimo said...

"Qual vagina, qual carapuça!
Este é que leva a taça!"

A sua taça rs concerteza há de ser a de palhaço, por isso é que já tem máscara de palhaço triste, fica-lhe a matar, você é mesmo um triste.

 

Enviar um comentário

<< Home