Observatório da Jihad


9.11.06

Holanda preocupada com os muçulmanos nas Forças Armadas

Os serviços secretos holandeses AIVD e os services secretos militares MIVD estão a investigar o número de de muçulmanos que prestam serviço nas Forças Armadas. O jornal Het Parool escrevia que está a aumentar o número de soldados que simpatiza com os radicais islamistas. […].
Entre dez e vinte é o número de grupos terroristas muçulmanos que operam na Holanda, planeando assassínios de políticos e um atentado à bomba contra o quartel-general do AIVD.
O general Bert Dedden, antigo chefe do MIVD afirmou ao jornal
De Stem que o Ministério da Defesa tinha encetado procedimentos para expulsar os radicais do exército […].
Outros países europeus também têm visto aumentar o número de muçulmanos nas fileiras das suas Forças Armadas. Em Março, três recrutas do exército austríaco
recusaram saudar a bandeira por ser incompatível com a sua fé islâmica. Também se comentou que uma razão pela qual as autoridades francesas não enviaram o exército para a rua durante os distúrbios de Novembro de 2005 tinha a ver com o facto de 15% das Forças Armadas francesas serem constituídas por muçulmanos. No mês passado, um site suíço relatava a preocupação motivada pelo elevado número de muçulmanos no exército helvético. Nas últimas quatro décadas, o número de muçulmanos no Suiça passou de 16.000 para 310.000.
in
Brussels Journal

1 Comments:

At 14:02, Anonymous Jaï Bettancourt de Carvalho said...

"""enviaram o exército para a rua durante os distúrbios de Novembro de 2005 tinha a ver com o facto de 15% das Forças Armadas francesas serem constituídas por muçulmanos."""

Ter muita conta com o que os ingléses escrevem sobre a França porque teem tendencia a por o fero neste paìs, mas a situação està bem pior quando analisamos por outros lados mais obscuros, quer dizer que tambem existe uma forma de propaganda oculta bem mais prerigosa do que os aparentes actos de violencia !

Se houve gente que pediu a intervenção das forças armadas durante os montins de 2005, foi somente por causa da incapacidade da policia de choque a restabelecer a ordem rapidamente.

Essa incapacidade tem haver com ordens do ministro do interior Nicolas Sarkozy para não magoar os meninos !

No entanto è verdade que hà soldados no exercito que abertamente se recuzam combater outro paìs muçulmano no caso onde a França entrar em guerra com um deles.

Esses factos todos revelam a grande ignorancia do islão nos nossos paìs. E não se pode parduar essa ignorancia por o facto que o islão jà foi indentificado desde hà muitos sèclos.

Ser contra o islão não è uma opinão !

 

Enviar um comentário

<< Home