Observatório da Jihad


11.10.06

O exemplo de Bruxelas

Paul Belien conta no Brussels Journal como no último Domingo, após as eleições locais belgas, Bruxelas - capital da Europa - ficou com mais de um quinto (21.8%) de conselheiros municipais provenientes da imigração não-europeia. A maioria são muçulmanos e foram eleitos nas listas do partido socialista. O mais popular é Emir Kir, um turco que quer demolir o monumento que lembra o genocídio dos Arménios, situado em Bruxelas. Segundo este senhor, tal genocídio nunca existiu.

7 Comments:

At 00:01, Anonymous Anónimo said...

A Bélgica é daqueles países que nunca aprendeu nada com a História, sempre que havia guerras era sempre invadido, quase sempre sem resistência, tinham que ir os aliados lutar por eles e morrer lá, para ajudá-los a ser independentes. Pelos vistos a Bélgica continua a cometer erros, agora deixando que os muçulmanos tenham cada vez mais expressão. O que vale é que começa a haver gente por lá que já está a abrir os olhos, esperemos é que não seja tarde.

 
At 12:07, Anonymous Luis said...

Provavelmente teremos de lá voltar no futuro, com o custo de vidas humanas.
Sempre quero ver a reacção dos Sofocletos e companhia bloquista a verem os seus filhos a embarcarem em figo maduro...

 
At 17:36, Anonymous Anónimo said...

Se ele diz é porque deve ser verdade...
Afinal, parece que os muçulmanos têm sempre razão!
Nós é que temos andado equivocados, como não podia deixar de ser!
SBA (Um Ocidental que ama a Liberdade, A Democracia e o Ocidente)

 
At 20:52, Anonymous Anónimo said...

Qualquer pessoa pode dizer o que muito bem vier à sua cabeça, resta é saber se é ou não verdade. Eu também posso muito bem dizer que sou o Imperador do Japão, assim como este sr. Emir Kir diz que não houve nenhum genocídio Arménio.

 
At 20:59, Anonymous Anónimo said...

Sim, infelizmente barbariedades são sempre livres de se dizer.

 
At 11:13, Blogger RS said...

E digo mais
A liberdade de dizer "barbariedades" é indiscutível.
É o paradigma das liberiedades, perdão, das liberdades.

:)
RS

 
At 16:08, Anonymous Anónimo said...

"E digo mais
A liberdade de dizer "barbariedades" é indiscutível.
É o paradigma das liberiedades, perdão, das liberdades.

:)
RS"

E assim falou o bobo da côrte, agora vamos todos rir.

 

Enviar um comentário

<< Home