Observatório da Jihad


26.9.06

Alemanha dhimmi

A Deutsche Oper de Berlim, uma das três salas de ópera da capital alemã, anunciou na segunda-feira que retirou da sua programação a ópera de Mozart «Idomeneo», por recear que suscitasse protestos de islamitas.
A encenação de Hans Neuenfels, conhecido pelas suas provocações, poderia suscitar algum mal-estar e protestos de islamitas que se sentissem ofendidos, refere um comunicado.
«Na cena que, segundo a imprensa, provocou os receios de represálias dos responsáveis da Deutsche Oper é exibida a cabeça cortada de Maomé. O caricato (ou melhor, o ridículo) é que na mesma são também exibidas as cabeças de Poseidon, Buda e Jesus. Nenhuma destas parece ter provocado o mesmo tipo de receios na organização. Bem, talvez a de Poseidon...»
por Miguel in O Insurgente

6 Comments:

At 18:06, Blogger the_hammer said...

Também referi este incidente no meu blogue. Para mim, os organizadores estão cheios de razão: os muçulmanos (perdão, os "coitadinhos-dos-muçulmanos", há que escrever as coisas como deve ser, de forma politicamente correcta) já devem sentir-se suficientemente ofendidos com a participação alemã na Guerra do Iraque e com a proibição do hijab nas escolas públicas, não acha? Pobrezinhos, a religião deles até é de paz e concórdia, mas são muito susceptíveis, temos de ter calma e gastar mais uns milhõezinhos na jyz... ehem, a contribuir para a sua integração e aculturação, ora pois.
Não acha, Sliver?

 
At 19:40, Blogger Sliver said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 19:49, Blogger Sliver said...

Eles fazem o que lhes compete. «Nós» é que estamos aquém das expectativas. Estes blogues servem para alertar as consciências, a partir daqui cada um exerce a cidadania conforme julgar mais adequado.

 
At 20:37, Blogger the_hammer said...

«Nós» é que estamos aquém das expectativas.

Pelna razão, Sliver, plena razão: a culpa é nossa, nós é que não estamos à altura e não sabemos tratar bem as pessoas: somos grosseirões e incivilizados...

Enfim, ironias aparte, felicito-o pelo blogue e pleo magnífico trabalho que tem feito. E concordo consigo: o que é preciso é que, depois, não digam que ninguém avisou. Melhor digo: o que é preciso é avisar, para não haver depois.

 
At 21:27, Anonymous Anónimo said...

O que faz falta é avisar a malta.

 
At 03:04, Blogger RS said...

Ironias à parte, acho que a malta tá mais que avisada, ó Lasca.
(Não sei se já reparaste, mas o tema dos posts começa a ser completamente indiferente para mim - nestas caixinhas as pérolas são negras! Bem melhor que as encontradas nos posts! - E não vale contar com as minhas! hehehe)

:)
RS

 

Enviar um comentário

<< Home