Observatório da Jihad


18.5.06

Mayflower, Anne Frank e Ayaan Hirsi Ali

«[…]
Esta pequena mesquinhez, tão humana quanto torpe, esta gota de água que fez transbordar da taça já muito cheia de Hirsi Ali, mais este sinal de que mesmo na “pura” e “integradora” Holanda se está disposto a baixar a guarda em relação à intolerância, este medo doentio que se caia num dos “pecados” da actualidade – a “islamofobia” – é sintoma de rendição. Não se crítica, não se diverge, não se fala: calando-nos talvez os sosseguemos, terão pensado muitos holandeses, que suspiraram de alívio quando a incómoda ex-deputada anunciou que ia para outro abrigo. Quando se cede no essencial, cede-se em tudo, pelo que Hirsi Ali tinha razão ao despedir-se: “O islamismo radical não é apenas contra mim, é contra todos. Ao terem logrado expulsar-me, os terroristas ganharam. A situação é agora mais perigosa para todos”.»
Editorial de José Manuel Fernandes, in
Público, 18 Maio 2006

Nota: No mesmo jornal, pág.22, Yiossuf Adamgy enaltece a carta de Ahmadinejad «Uma carta com verdades que o Ocidente esquece». Nem aos inimigos do Ocidente, a viverem entre nós, retiramos a palavra, a liberdade de expressão. Ocidente e Islão, duas culturas não só diferentes, como antagónicas nos valores.

3 Comments:

At 22:00, Anonymous Anónimo said...

«Muitos académicos, filósofos, homens de letras e políticos avisaram contra o efeito perigoso desta civilização ocidental materialista. Entre esses eruditos estão Alexis Carrel e René Dubois, um vencedor do prémio Nobel.
O conhecido filósofo americano John Dewey diz: "Uma civilização que permite que a ciência destrua os valores existentes sem capacidade para criar novos valores é uma civilização auto-destrutiva". Entre os políticos que mostraram preocupação sobre isto está o conhecido secretário de Estado americano John Foster Dulles, que escreveu um livro intitulado "Guerra ou Paz". No capítulo "As Nossas Necessidades Espirituais" informa muitas das falhas na América. Ele escreveu: "O problema não são as coisas materiais, pois temos materiais tecnológicos topo de gama. O que realmente precisamos é de uma fé forte, pois sem ela os nossos materiais não valem nada. Tal deficiência que aparece devido à falta de fé não pode ser compensada pelos políticos, diplomatas, académicos ou qualquer outra pessoa". E acrescentou mais adiante: "Antes de falecer, o Presidente Wilson escreveu: "Considerando bem as coisas, a nossa civilização não pode manter isto a não ser que retome a espiritualidade".

-Isto vem escrito na mesma pág. 22 do jornal "Pùblico", juntamente com o escrito ... a isso o sr. não faz referência ... e todos sabemos porquê ...

O conhecido filósofo americano John Dewey, Alexis Carrel e René Dubois, um vencedor do prémio Nobel, o conhecido secretário de Estado americano John Foster Dulle, e o Presidente Wilson, por essa ordem de ideias, são também “inimigos do ocidente” !!!

 
At 00:09, Blogger Sliver said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 00:17, Blogger Sliver said...

Caro Anónimo,
não faço referência??? menciono a notícia com o nome da publicação e o número da página e ainda coloco um link para a mesma? Ai que o anónimo para além de fazer péssimas traduções também não sabe ler... tem de voltar à madrassa.

 

Enviar um comentário

<< Home