Observatório da Jihad


28.1.07

China: TV bane imagens de porcos para não ofender muçulmanos

Apesar de estar para breve a entrada do Ano do Porco, segundo o calendário chinês, a televisão nacional chinesa interditou nas suas emissões todas as imagens de porcos, por receio de ofender a comunidade muçulmana.
Toda a China, tal como uma boa parte da Ásia, cobre-se de imagens deste animal com a aproximação do seu ano, que começará em meados de Fevereiro, mas a televisão oficial da China (CCTV) «é uma rede nacional», sublinhou sábado um responsável dos serviços de programação para justificar a decisão.
«Devido a preocupações quanto aos costumes culturais e étnicos, vamos banir dos ecrãs as imagens de porcos, porque não queremos ferir os sentimentos dos grupos étnicos» muçulmanos, acrescentou o funcionário.
O grupo suíço Nestlé informou ter anulado um projecto de anúncio publicitário em que iria utilizar um desenho de porco, após a CCTV o ter notificado das suas novas orientações.
A cadeia televisiva «explicou que se trata de mostrar respeito pelo Islão e que a ordem foi proveniente das mais altas esferas do governo», indicou Thierry Vapperaeau, porta-voz da Nestlé na China.
Cerca de 18 milhões dos 1,3 mil milhões de chineses são muçulmanos, segundo as estatísticas oficiais.
in Diário Digital

3 Comments:

At 12:30, Blogger O PENSADOR said...

Pelo que estou vendo, nossa liberdade de expressão passou a ser ditatorial...

 
At 15:03, Anonymous Anónimo said...

Pelo que eu sei em Islão comer carne de porco é proibido mas não sei se passar imagem de porco na TV o que isto tem a ver com Islão!?
Será que alguém pode me explicar?

 
At 07:19, Anonymous Anónimo said...

autodesrespeito

 

Enviar um comentário

<< Home