Observatório da Jihad


20.10.06

Daily Star cancela página de humor antimuçulmano

O Daily Star cancelou uma página prevista para a sua edição de quarta-feira que gozava com o islão e as suas leis depois de uma intervenção do sindicato dos jornalistas e da revolta generalizada da redacção contra a ideia. Segundo o Guardian, a página com o título «Como o seu jornal favorito seria se obedecesse às leis muçulmanas», incluía um «especial página 3 com miúdas vestidas de burqa», um editorial em branco, exceptuando as palavras «censurado» e «Alá é grande», um concurso «queime uma bandeira e ganhe um corsa» e uma fotografia do Presidente George W. Bush com «morte aos infiéis» como legenda. Enquanto o sindicato condenou a iniciativa como sendo «deliberadamente ofensiva para os muçulmanos», a maioria dos jornalistas do Daily Star manifestou abertamente temer represálias violentas.
in Público, 20. Out. 2006

1 Comments:

At 01:46, Anonymous a43 said...

Talvez não deva-se por lenha na fogueira......
Porém o que "Daily Star" fez é digno de ditaduras: auto-censura-se para evitar problemas!
Mesmo que este jornalbritânico não seja lá brilhante..... tal atitude -autocensura- é um mau sinal:((

 

Enviar um comentário

<< Home